Dicas de Empreendedorismo Para Iniciantes – Conheça os Passos Essenciais Para Alcançar o Sucesso

-
06/09/2019

Quem está pensando em abrir o próprio negócio deve levar em consideração dicas de empreendedorismo que podem ajudar a evitar os erros mais comuns no começo da jornada. O empreendedor somente saberá como é empreender na prática, porém, existem alguns passos que podem contribuir para alcançar o sucesso com mais efetividade nessa chegada ao mercado.

6 Dicas de empreendedorismo: Passos fundamentais para o sucesso

A seguir listei algumas dicas preciosas para quem é empreendedor de primeira viagem e deseja alcançar o sucesso com seu negócio.

1 – Autoconhecimento

O empresário bem-sucedido é aquele que sabe exatamente quem é e o que deseja conquistar com a abertura da sua companhia. Questionar-se constantemente é a forma mais efetiva de conhecer a si mesmo e o seu potencial. Dentre algumas perguntas que você pode fazer ao seu lado empresarial estão:

– Possuo bons conhecimentos da área em que pretendo investir?

– Consigo me ver daqui alguns anos atuando nessa área e com a mesma disposição?

– Quanto tempo o empreendimento irá exigir de mim?

– Estou disposto a sacrificar algum tempo da minha vida pessoal pela empresa?

Essas são apenas algumas das perguntas que você deve fazer a si mesmo quando estiver iniciando a sua jornada. Com o passar do tempo as perguntas vão mudando focando no aumento e mudança das necessidades da companhia.

2 – Defina o que pode fazer de melhor pelo negócio

Pode parecer estranho, porém, você deverá avaliar a si mesmo como um funcionário em potencial para a organização no sentido de identificar qual pode ser a sua maior e melhor contribuição. Em muitos casos o idealizador de um empreendimento é bom na criação e/ou execução de produtos/serviços devendo se dedicar com mais afinco a essas atividades. Isso permite ainda definir para quais áreas será necessário contratar profissionais para te auxiliar a tocar a companhia.

3 – Sua empresa deve resolver um problema

Toda e qualquer companhia no mercado deve ter por base resolver um determinado problema do cliente. Você consegue explicar com poucas palavras o que o seu negócio faz e por que ele é importante para os clientes? Se sim saiba que tem uma chance real de chegar ao sucesso, porém, se ainda está difícil dar uma resposta coesa talvez seja melhor pensar um pouco mais a respeito.

4 – Tenha um plano de negócios bem estruturado

Pode até parecer uma dica repetitiva, porém, é essencial que as organizações cheguem ao mercado com um plano de negócios bem estruturado. Para quem não sabe exatamente do que se trata, plano de negócios nada mais é do que um tipo de roteiro do que irá acontecer com o empreendimento desde a criação da marca até o seu cotidiano operacional.

Ressalto que não se trata de um documento em que se tem certeza de que tudo irá dar certo, mas sim de um apoio para saber qual é o próximo passo a ser dado. Provavelmente você está em dúvida sobre como elaborar esse plano na prática, pensando nisso listei a seguir algumas perguntas que devem ser respondidas por ele:

– Qual deve ser o montante de investimento inicial?

– Quanto de capital de giro será necessário?

– Quais são os custos fixos que esse negócio terá?

– Quantos funcionários preciso para iniciar e em quais funções?

– Qual é o diferencial da minha companhia em relação aos concorrentes? O que minha empresa faz melhor ou com menor custo?

– Como deve ser comunicado esse diferencial para o público-alvo?

– De que maneira posso manter o alcance da minha marca contínuo?

5 – Seja comedido ao começar

O empreendedor deve pensar grande, porém, iniciar pequeno para poder controlar melhor a sua empresa e também evitar um endividamento pela necessidade de empréstimo de capital. O ideal é que a marca vá crescendo em compasso com o seu alcance de mercado.

Conforme o tempo vai passando e a experiência vai sendo adquirida se torna mais fácil atender a clientes cada vez maiores. Então cuidado com a empolgação para abrir um escritório enorme e cheio de pompa sem ter ao menos um cliente na carteira ainda.

6 – Mínimo Produto Viável (MVP)

Muitas pessoas têm ideias incríveis com grande potencial de mercado, mas não chegam ao sucesso porque não as tornam reais. Talvez você não tenha os recursos necessários para produzir o seu produto com a perfeição desejada num primeiro momento, porém, pode e deve considerar levar um protótipo para teste.

O Mínimo Produto Viável nada mais é do que uma versão da ideia do empresário com o mínimo de recursos possíveis. O protótipo pode ser utilizado como um teste para saber o que o público pensa a respeito do que a companhia produz e se tem chances de se consolidar a longo prazo. Também permitirá identificar os ajustes que deverão ser feitos.

Fonte: Marcus Marques

Compartilhe:

Que tal conversar sobre
Planejamento Contábil?

Agende uma visita com a nossa equipe de especialistas.