Desenvolvimento de liderança: como treinar para funções estratégicas

31/08/2018

O desenvolvimento de liderança dentro da organização é de suma importância para o crescimento do negócio. Para isso, é necessário investir no treinamento, capacitação e desenvolvimento do capital intelectual dos profissionais com habilidades para liderar.

O grande desafio, então, é identificar quais são os colaboradores com esse perfil de liderança e estruturar um programa para promover o aprimoramento das características pessoais e profissionais. Quer saber como desenvolver líderes na sua empresa? Então acompanhe as dicas do artigo!

Qual é a importância do desenvolvimento de líderes na empresa?

O conceito de liderança surgiu na guerra, quando os mais fortes e destemidos sobreviviam às dificuldades. Já no ambiente corporativo, o líder tem o papel de reunir a equipe para que todos alcancem um objetivo comum. Esse profissional é capaz de inspirar e mobilizar outras pessoas com suas palavras, exemplos e ações.

Um grande desafio para as corporações é identificar e formar pessoas com habilidades para liderar equipes. É necessário romper algumas barreiras culturais e criar um programa específico para o desenvolvimento de liderança. Por quê?

O líder consegue obter o máximo de produtividade da equipe e auxilia a empresa a alcançar suas metas. Além disso, ajuda o negócio a se manter competitivo no mercado, pois o profissional consegue extrair as melhores qualidades de cada colaborador, o que se reflete em resultados expressivos para o empreendimento.

O líder, então, funciona como um guia do grupo e tem a capacidade de tomar decisões estratégicas para o crescimento da empresa, também favorecendo a integração da equipe e o reconhecimento da importância de cada membro para a execução de um trabalho.

Como promover o desenvolvimento de liderança na organização?

Em primeiro lugar é importante compreender a diferença entre um chefe e um líder. O primeiro apenas ordena tarefas e observa os erros de cada profissional. O segundo, por sua vez, assume a linha de frente de um trabalho para engajar a equipe, fazendo o mesmo esforço dos demais. Ele usa a sua experiência e conhecimento para guiar os colaboradores para o caminho certo.

Contudo, o líder precisa de espaço para poder desenvolver suas habilidades e integrar a equipe — e esse é o papel do gestor: promover um ambiente saudável para o crescimento profissional e capacitar as pessoas com habilidades de liderança. Entenda como fazer isso a seguir!

Acompanhe o trabalho da equipe

O verdadeiro líder não é, necessariamente, aquele que mais expressa suas opiniões ou atinge as metas da empresa, mas é o profissional que ganha admiração da equipe pelo seu trabalho ou maneira de agir.

Cabe ao gestor, então, acompanhar as atividades desenvolvidas pelos profissionais para identificar quais são as pessoas que já exercem um pequeno papel de liderança. Essas habilidades costumam fazer parte da personalidade dos indivíduos, como:

  • capacidade de compreender o outro;
  • facilidade de aprendizado;
  • humildade para reconhecer os próprios erros;
  • capacidade de adaptação às situações;
  • habilidade de se comunicar bem com as outras pessoas.

Apesar de serem características naturais do indivíduo, é muito importante que a empresa crie um programa de desenvolvimento de liderança para lapidar esses comportamentos.

Desenvolva um programa de formação de líderes

Depois de identificar os profissionais que se destacam na condução de outras pessoas, é hora de criar um programa para aperfeiçoar essas habilidades. Caso o gestor não saiba como fazê-lo, pode contratar uma empresa terceirizada para dar o auxílio necessário.

O importante é realizar treinamentos constantes para desenvolver as habilidades aos poucos. A primeira etapa pode envolver o conhecimento mais aprofundado das estratégias da organização e as metas em longo prazo.

Depois, o treinamento pode direcionar para temas mais específicos, como: criatividade, inovação, técnicas de comunicação com a equipe, administração de conflitos, entre outros.

Incentive a administração de conflitos

O líder precisa ter autonomia para agir dentro da empresa e mudar processos que considera obsoletos. Também deve ser capaz de gerenciar conflitos com clientes e outros colaboradores, pois cabe a esse profissional a responsabilidade de resolver situações simples que não precisam chegar até o gestor da empresa.

Por fim, ainda tem o papel de organizar as atividades diárias da equipe e delegar as tarefas conforme as prioridades para a empresa.

Valorize as habilidades de comunicação

Saber se comunicar é a capacidade de fazer com que os outros compreendam a mensagem transmitida e ouvir as opiniões, mesmo que sejam divergentes. O líder, então, precisa manter a união da equipe com uma comunicação eficaz, por meio de um diálogo aberto e respeitoso.

Os demais colaboradores devem compreender quem comanda a equipe e a quem recorrer quando tiverem alguma dúvida ou dificuldade. O líder também precisa saber elogiar os profissionais que desempenharam bem suas funções ou souberam inovar. Vale lembrar que as críticas são importantes, mas devem ser feitas em particular para não constranger o funcionário.

Promova o desenvolvimento da inteligência emocional

A inteligência emocional consiste na habilidade de a pessoa lidar com os diferentes desafios diários, como prazos, reuniões, metas e problemas pessoais, sem entrar em desequilíbrio. O indivíduo com essa competência se conhece profundamente e consegue perceber os sentimentos e reações das outras pessoas.

Essa característica auxilia o líder a saber resolver os conflitos dentro da empresa sem que seu lado emocional influencie suas decisões. A habilidade também contribui para manter a motivação da equipe, pois o profissional não se deixa abater pelas dificuldades.

Estimule a capacitação profissional

Além de tudo isso, um bom líder busca se capacitar para conhecer as novas metodologias aplicadas, ferramentas usadas para dar agilidade ao trabalho e práticas adotadas por outras empresas.

Por isso, é muito importante que o gestor crie oportunidades para o profissional aprimorar o seu conhecimento e exercitar suas habilidades na organização. Para tanto, o gestor pode promover palestras na empresa, liberar o colaborador para participar de eventos, workshops da área ou cursos de especialização.

Enfim, promover o desenvolvimento de liderança é fundamental para a empresa atingir as metas, crescer e se manter competitiva no mercado. Essa também é uma maneira de valorizar o profissional que promove a união da equipe em busca de melhores resultados.

Gostou das dicas do artigo? Então, assine a nossa newsletter e receba outros conteúdos como este diretamente em seu e-mail!

Compartilhe:

Que tal conversar sobre
Planejamento Contábil?

Agende uma visita com a nossa equipe de especialistas.