Definindo os objetivos de desempenho

-
21/11/2018

 

Os objetivos de desempenho são utilizados como guias para que as empresas direcionem os seus esforços num sentido assertivo para as suas necessidades. Basicamente os projetos da companhia passam a ser moldados pelos objetivos que foram estabelecidos para o seu desempenho. Por isso na hora de escolher um ou mais para a organização o gestor deve considerar como será o posicionamento da marca no mercado.

Entendendo o que são objetivos de desempenho

Destacam-se cinco objetivos de desempenho: Confiabilidade, Custo, Qualidade, Rapidez e Flexibilidade. As empresas podem adotar um ou mais desses objetivos como norte para o desenho dos seus projetos. Vamos imaginar a seguinte situação, a organização X precisa dar início ao projeto de uma nova linha de produtos. Os seus objetivos de desempenho são ter menor custo de produção e rapidez para fazer seus lançamentos.

Os profissionais envolvidos no desenvolvimento desse projeto não podem pensar em produtos que demandem muito tempo para serem fabricados e nem que exijam custos mais elevados. Os dois objetivos adotados servem para guiar o trabalho de desenvolvimento assim como servirão para guiar o trabalho do marketing no momento da inserção dos novos itens no mercado.

A situação seria diferente se a essa empresa tivesse escolhido como objetivo de desempenho ter os produtos de melhor qualidade em seu segmento de mercado. Não havendo restrições quanto aos custos de produção e o desejo de estar em posição de destaque frente aos concorrentes fariam com que os projetistas pudessem seguir outra linha de pensamento. Não há situação certa ou errada nesse exemplo, apenas dois casos adequados a duas propostas de atuação diferenciadas no mercado.

Conhecendo a seguir os cinco principais objetivos de desempenho

Abaixo falarei um pouco mais sobre os cinco principais objetivos de desempenho de maneira que se torne mais simples compreender quais são os mais relevantes para a sua organização. A definição de quais objetivos seguir depende exclusivamente do que se espera obter através da atuação da sua companhia.

Confiabilidade

O primeiro ponto que deve ficar claro é a conceituação de confiabilidade no contexto organizacional. É reconhecida como uma empresa confiável aquela que cumpre a sua palavra e não trabalha com atrasos. Ao determinar que um projeto será concluído em tal data a companhia que preza pela confiabilidade não mede esforços em entregar o prometido.

Quanto mais uma organização cumpre o que tem acordado com outras instituições ou mesmo com o consumidor em termos de entregas pontuais mais confiável se torna. Para trabalhar com esse objetivo de desempenho é crucial que se estabeleçam processos de realização dos projetos com assertividade assim como se tenha uma estrutura que responda a altura aos desafios do cotidiano. Desejar ser confiável, mas ter um setor de logística que não funciona com efetividade não dá certo.

Custo

Uma palavra de grande peso no segmento industrial, pois a diferença de R$ 0,01 para o fabrico de produtos pode acarretar num grande prejuízo. Se a sua organização está no grupo das marcas que oferecem preços mais competitivos como diferencial de mercado certamente terá em sua base de objetivos de desempenho menor custo de produção. Observe que não significa ter menos qualidade em relação às demais companhias, mas sim utilizar estratégias produtivas que reduzam os custos.

Fazer um estudo a respeito das opções de maquinário que podem acelerar a produção e impactar menos o caixa da empresa é uma forma de estar alinhado com esse objetivo. Novamente retomo o exemplo acima, os desenvolvedores de produtos devem ficar atentos para projetar algo que não demande um grande arcabouço de custos.

Qualidade

Se pensarmos no termo qualidade de uma forma geral perceberemos que para cada indivíduo ele tem um significado diferente. No âmbito dos objetivos de desempenho ele se refere a produzir com o mínimo de falhas. O contrário de um processo produtivo de qualidade é aquele que gera retrabalho e refação de itens que não estejam dentro do padrão de qualidade.

Utilizar esse objetivo como guia para a sua organização torna necessário definir de maneira clara o que é um produto com excelência de qualidade e de que maneira deve ser feita a produção do mesmo. A partir desse entendimento se estabelece o modo de operação da empresa.

Rapidez

Estamos inseridos num contexto bastante dinâmico em especial pela velocidade da internet e dessa forma se torna essencial estabelecer um ritmo produtivo que acompanhe as necessidades dos consumidores e contribua para não deixar que a concorrência ocupe seus espaços de mercado. Adotar esse objetivo de desempenho para a sua organização significa ter um planejamento eficiente para reduzir o tempo que leva para que a sua produção chegue ao mercado e o tempo de defasagem entre a chegada e a reposição.

Flexibilidade

Esse é o objetivo mais interessante para companhias de segmentos dinâmicos como o de tecnologia porque está focado na capacidade de se reinventar e mudar os processos que já são realizados para atender a novas demandas do mercado. Para ser uma empresa flexível é essencial estar atento a todos os movimentos e aprender a pensar sempre dois passos adiante que os demais.

Gostou de conhecer os objetivos de desempenho? Já definiu os da sua empresa?

Fonte: Marcus Marques

Compartilhe:

Que tal conversar sobre
Planejamento Contábil?

Agende uma visita com a nossa equipe de especialistas.