Diagnóstico empresarial: por que é tão importante fazer?

-
29/11/2018

Uma administração correta é essencial para o sucesso de todo negócio. O gestor eficiente conhece a fundo seu negócio e sabe identificar falhas e implementar melhorias em seus processos. Para tanto, a melhor ferramenta de que dispõe é a realização de um diagnóstico empresarial completo. Você conhece esse método e sabe como funciona?

Neste post, você encontrará um guia para que você entenda como funciona o diagnóstico para a instituição das melhores práticas gerenciais, bem como seus requisitos, principais tarefas, profissionais envolvidos e vantagens. Confira!

O que é o diagnóstico empresarial?

O diagnóstico empresarial corresponde a um checkup do negócio, sendo uma metodologia de avaliação que levanta os principais aspectos de uma organização, tais como:

  • processos de produção;
  • estoques;
  • vendas;
  • custos;
  • logística;
  • marketing;
  • posições financeiras e mercadológicas, dentre outros.

Esses levantamentos e o entendimento mais profundo do negócio permitem que seja traçado um histórico para comparativos internos e externos, aumentando sua competitividade. Seu objetivo principal é realizar, por meio de uma série de questionamentos, uma aferição de objetivos, empecilhos e oportunidades de crescimento, criando soluções práticas e descomplicadas.

Quais são os requisitos para a implantação do diagnóstico?

O diagnóstico empresarial pode ser feito a qualquer momento, porém é altamente recomendado para os momentos em que a empresa deseja adotar novas técnicas gerenciais, demandando maior engajamento da equipe e mudança em procedimentos internos e externos. Também é ideal que ele seja em feito quando houver comprometimento das metas desenhadas em função da desmotivação dos colaboradores.

Qualquer negócio pode ser alvo do diagnóstico empresarial, bastando apenas ter algum tempo (ainda que curto) de existência, já que negócios a serem implantados demandam planejamento e estudo. Para seu funcionamento é necessário ter acesso às informações contábeis, sistemas de gestão financeira e de procedimentos do empreendimento.

Quais são as tarefas e os profissionais envolvidos no diagnóstico empresarial?

A avaliação moverá os funcionários e áreas da empresa e culminará na elaboração de uma estratégia personalizada, dividindo-se da seguinte forma:

  • Finanças: avaliação de indicadores financeiros, destacando o comportamento das receitas, despesas e lucratividade;
  • Contabilidade: identificação do regime de tributação aplicado ao negócio, auditoria das demonstrações contábeis e avaliação das informações trabalhistas e previdenciárias;
  • Marketing: relações com consumidores, mídias online e offline e planejamento de estratégias de marketing adequadas;
  • Recursos Humanos: avaliação de sistemas de recrutamento e seleção, retenção de talentos e concessão de treinamentos;
  • Operações e processos: avaliação da qualidade do fluxo de processos e logística.

Para a realização do diagnóstico, é altamente recomendada a contratação de profissionais especializados, a fim de garantir imparcialidade, segurança e confiabilidade em todo o procedimento.

Eles saberão como melhor conduzir a avaliação e extrair dela os resultados mais significativos, transformando-os em metas e objetivos, permitindo ainda que os demais colaboradores foquem no desempenho de suas tarefas.

Quais são os seus benefícios?

Além de propor medidas gerenciais adequadas, o diagnóstico empresarial situa a companhia no mercado, propiciando o suporte necessário para a elaboração de um planejamento estratégico e a adoção de medidas que, às vezes, passam batidas pelos gestores do negócio.

Além disso, o gestor também poderá conhecer melhor o seu negócio, suas necessidades, dificuldades e desafios. Dessa forma, você contribuirá para o crescimento sustentável da sua empresa.

Como desenvolver um diagnóstico empresarial?

Até agora, você aprendeu o conceito de diagnóstico empresarial, suas principais atribuições e como ele funciona. Mas, afinal, como implantar ou desenvolver esse princípio na empresa? A partir deste tópico, você aprenderá as formas de aplicação dessa ferramenta de check-up do seu negócio. Continue lendo!

Levantamento de dados

O primeiro passo para elaboração de um diagnóstico empresarial é o levantamento de dados da sua empresa. Afinal, esse processo utilizará as informações geradas nos departamentos do seu negócio com o objetivo de encontrar as possíveis falhas ou pontos que precisam ser melhorados.

Esse primeiro ponto pode ser mais facilmente resolvido se a empresa contar com um sistema integrado que gere relatórios gerenciais eficientes e, principalmente, que traduzam a realidade do negócio em determinado momento.

Análise de informações

Com esses dados em mãos, o gestor deverá fazer a análise de cada um dos pontos. Essa é uma tarefa que demandará tempo e estudo e você precisará contar com o apoio dos profissionais de cada área, os quais foram mencionados em outro tópico deste artigo.

Essa é a etapa mais demorada do processo de diagnóstico empresarial. Pode-se definir a análise das informações como a fase crucial do processo. Aquela em que serão identificados os pontos que precisam ser melhorados dentro da companhia.

Identificação de problemas

Após a análise de informações, o gestor, em conjunto à equipe, chegará à etapa de identificação dos problemas que pairam sobre a companhia. Nesse estágio podem ser levantadas questões que já ocorrem dentro da empresa, bem como possíveis problemas que podem vir a acontecer se determinadas práticas continuarem a ser desenvolvidas.

Nessa etapa, corta-se o mal pela raiz e evita-se possíveis gargalos ou demandas que podem prejudicar ou já estejam prejudicando o perfeito funcionado do negócio, impedindo o seu crescimento e desenvolvimento.

Desenvolvimento de estratégias e planos de ação

Após essa etapa, é chegada a hora de apresentar soluções para as demandas levantadas e os problemas que foram apontados. Afinal, não adianta conhecer todos os detalhes negativos de um negócio e não apresentar estratégias para solucioná-los.

Para tanto, em cada um dos pontos levantados deverão ser propostos planos de ação para que o problema seja solucionado ou não venha a ocorrer.

Repetição do processo

Por fim, o gestor e a equipe devem repetir o processo sempre que necessário. O diagnóstico empresarial deve ser um processo cíclico em sua empresa, ou seja, ele deve ocorrer periodicamente ou sempre que possível.

Assim, dificilmente a sua empresa será pega de surpresa por causa de algumas questões que poderiam ser solucionadas, se pudessem ser identificadas a tempo.

Como você pode perceber, o diagnóstico empresarial é um processo vital para uma empresa. Ele será um dos fatores determinantes para o crescimento e desenvolvimento do negócio ao longo dos anos. Portanto, não negligencie esse conceito e comece a colocar em prática o quanto antes.

Gostou deste artigo? Então, que tal ficar por dentro de todos os nossos novos conteúdos? Acompanhe nossas publicações em nosso blog!

Compartilhe:

Que tal conversar sobre
Planejamento Contábil?

Agende uma visita com a nossa equipe de especialistas.