Conheça as principais demonstrações contábeis inerentes a um negócio

-
24/04/2019

As demonstrações contábeis, além de ser uma obrigação imposta por lei, são importantes para a compreensão e orientação da saúde financeira e crescimento sustentável do negócio. Tratam-se de informações e dados oferecidos no final de cada exercício, com o objetivo de expor para os sócios, governo e demais interessados o que aconteceu na empresa naquele período.

Por meio delas é possível estruturar o orçamento, acompanhar o crescimento do patrimônio, controlar os gastos, além de oferecer fundamentos para tomada de decisões mais acertadas. Existem muitos tipos de demonstrações, contudo, elaboramos este texto para que você conheça as principais. Confira!

Balanço Patrimonial

Mostra a situação patrimonial e financeira da instituição, detalhando o que ela tem de bens, direitos e obrigações. Ele concede uma visão geral das atividades do negócio, por exemplo, o montante a receber dos clientes e a ser pago aos fornecedores, instituições financeiras etc.

Isso é feito por meio da junção de informações referentes ao ativo, passivo e patrimônio líquido, como:

  • ativo: inclui bens, direitos e aplicação de recursos, como estoques, investimentos, valores a receber etc;
  • passivo: engloba as obrigações da companhia em relação a instituições bancárias, fisco e terceiros;
  • patrimônio líquido: representam os recursos próprios da empresa. É o resultado entre o ativo e o passivo. Neles também estão inclusas as obrigações referentes aos sócios.

Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)

A DRE é composta pela síntese financeira dos resultados das operações da empresa em um período determinado, via de regra um ano. Apresenta informações sobre as finanças do negócio conforme os resultados operacionais, lucros e prejuízos.

Esse resultado é encontrado por meio da definição de todas as receitas da organização, custos e despesas de acordo com o princípio contábil do regime de competência de exercícios, Por meio da DRE é possível compreender como o resultado daquele período foi formado.

Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC)

Entre as demonstrações contábeis, essa é responsável pelas entradas e saídas do caixa ao longo de um período. A conta do caixa consta no Balanço Patrimonial, no entanto, somente com o valor final. Nessa demonstração o valor será detalhado entre pagamentos e recebimentos das operações, financiamentos e investimentos.

Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA)

Demonstra as alterações nos resultados acumulados em um período específico. Estabelece os elementos que induziram as mudanças, para mais ou para menos, no valor da conta de lucros e prejuízos acumulados e mostra respostas sobre comportamento da companhia no decorrer do exercício social.

Entre as informações que devem constar na DLPA estão:

  • lucros e prejuízos acumulados no início do ano contábil;
  • dividendos ou outras formas de lucros informados no período;
  • modificações nos lucros e prejuízos por motivo de reparação de erros de períodos anteriores;
  • acordos nos lucros ou prejuízos acumulados por causa de alterações de práticas contábeis;
  • lucros e prejuízos acumulados no final do ano contábil.

Demonstrações das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL)

Mais amplo do que a DLPA, esse documento mostra as mudanças ocorridas no patrimônio líquido da organização em um tempo determinado. Para criar a DMPL é necessário relacionar todas as operações feitas ao longo do exercício social em contas que compõem o patrimônio líquido, por exemplo, capital, reservas de capital, de reavaliação, de lucros e os prejuízos e lucros acumulados.

Na DMPL devem constar:

  • acréscimo de capital;
  • saldo existentes no início do período contábil;
  • ajustes feitos de exercícios anteriores;
  • prejuízos reparados;
  • distribuição dos lucros,
  • redução do capital;
  • destinação do lucro líquido no período;
  • reavaliação dos ativos;
  • transferências de lucros e reservas;
  • resultado líquido no exercício;
  • saldo no fim do exercício.

Demonstração do Valor Adicionado (DVA)

Tem como finalidade evidenciar a formação de riqueza ao longo do período e como foi distribuída (fornecedores, funcionários, acionistas, governo, financiadores, entre outros), ou seja, todas as áreas que participaram de alguma forma da sua criação.

Devido a importância das demonstrações contábeis, para elaborá-las é essencial contar com o auxílio de uma auditoria especializada e, assim, garantir uma apresentação transparente e real, que auxilie uma visão precisa do negócio, contribuindo para a tomada de decisão e expansão da empresa.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe nas redes sociais e ajude seus amigos a entenderem melhor sobre o assunto!

como-abrir-uma-empresa-5-passosPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Que tal conversar sobre
Planejamento Contábil?

Agende uma visita com a nossa equipe de especialistas.